Artigos

HOME > ARTIGOS > Artigos,Destaque > Saiba a importância do exercício físico para os estudos

Saiba a importância do exercício físico para os estudos

A prática de exercícios físicos vai além de manter a boa forma e aparência.

Veja algumas dicas de exercícios para melhorar seu desempenho nos estudos!

O que a ciência diz?

A ciência já mostra que esse tipo de atividade traz muitos benefícios para a vida humana, tal como a melhora no desempenho nos estudos.

Qualquer exercício físico é válido para a saúde corporal, principalmente do Sistema Nervoso.

As atividades

As atividades aeróbicas como nadar, correr e caminhar, aumentam a circulação sanguínea.

E ajuda na produção de substâncias químicas que controlam o Sistema Neurotransmissor.

Elas tendem a aumentar a produção de neurônios e ligações das sinapses.

Elevando, assim, o desempenho cerebral na melhora da atenção e armazenagem de informações.

Refletindo diretamente na aprendizagem do aluno.

O sistema nervoso

O Sistema Nervoso é complexo e, na prática, o processo funciona passando pelas 3 etapas a seguir:


1. A realização de atividades físicas

Ao realizar uma atividade física aeróbica, a circulação sanguínea no cérebro e a comunicação entre os neurônios ficam mais intensos.

Consequentemente, há mais produção de neurotransmissores, tais como a proteína BDNF.

2. Restauração de neurônios

A proteína BDNF restaura os neurônios danificados e faz com que novos dendritos cresçam.

Eles são as ramificações dos neurônios que realizam a comunicação entre as células do Sistema Nervoso.

3. Potencialização dos neurônios

A região do hipocampo localiza-se no cérebro.

Nela, a BDNF entra em atividade nas células-tronco armazenadas que se desenvolvem e se transformam em novos neurônios.

Que migram para outras áreas cerebrais, potencializando seu funcionamento.

As movimentações rotineiras

Para a neurocientista Teresa Liu-Ambrose, também é relevante valorizarmos as movimentações rotineiras.

Para que possa ser evitado o sedentarismo e, assim, melhorarmos nossa capacidade cognitiva.

É necessário levantarmos da cadeira a cada 30 minutos e darmos alguns passos.

Subir escadas ou mesmo deixar algumas mensagens de WhatsApp de lado e ir andando até a pessoa próxima que se deseja comunicar.

Você pode mudar seu hábito começando com essas simples ações, o importante é sempre estar em movimento!

Que tal deixar o seu smartphone, computador ou livros agora para fazer uma caminhada?

 


Últimas novidades

O doutor Philipp Köhler, especialista em medicina de emergência, disse que nunca tinha visto um c

Se o sucesso é a melhor vingança, Elizabeth Blackwell, a primeira médica formalmente reconhecida

O Projeto Medicina vai realizar nos dias 12 e 19 de maio o Simulado Nacional Online Enem 2019, que

Este é um artigo sobre o Curso Aprovação 360, criado pelo Professor Gilberto Augusto. Nele eu des

Enã Rezende com apenas 26 aninhos acabou de se formar em medicina na Universidade de Cuiabá (Unic

Quem estuda para o Enem sabe a importância que é uma boa preparação para a prova de Redação. I

Visite nossos outros projetos: