Depoimento

HOME > Depoimentos > Após 14 anos da conclusão do Ensino Médio estudante é aprovado em Medicina

Depoimento de Após 14 anos da conclusão do Ensino Médio estudante é aprovado em Medicina

Após 14 anos da conclusão do Ensino Médio estudante é aprovado em Medicina

Filho de mãe costureira e pai pedreiro, tive um infância com poucos recursos disponíveis e onde fui chamado para assumir grandes responsabilidades de forma precoce, desde que meus pais se separaram e fiquei morando com minha mãe e meus outros 3 irmãos mais novos na casa de minha avó materna, viúva, que nos proveu o apoio financeiro necessário com o salário mínimo que recebia como pensionista.

Sempre fui aluno de escola pública: realizei todo meu ensino fundamental e médio em escolas da rede pública. Como sempre busquei alçar vôos maiores, enquanto nas aulas o material visto não chegava a ser 25% dos livros, eu sempre concluía 100% dos mesmos e, em caso de dúvidas, buscava ajuda dos professores, que sempre se impressionavam com meu esforço.

Também cursei minha primeira graduação (em Ciências da Computação) em uma universidade pública, situada em uma cidade vizinha, onde levava diariamente cerca de 3 a 4 horas de deslocamento através de ônibus escolar intermunicipal, durante 5 anos (pois o curso se estendeu além dos seus 4 anos e meio devido a greves e demais paralisações).

Após concluir meu curso superior em 2007, fiz especialização em Engenharia de Sistemas e, desde 2009, trabalho no setor de Tecnologia da Informação da universidade pública a qual me formei inicialmente.

Sempre tive como sonho cursar medicina, mas isso sempre me pareceu um sonho distante por três motivos: a grande concorrência para entrar no curso, a intensidade dos estudos na área médica e meu distanciamento profissional, a cada dia, desta área. Sempre me vi atuando na área, ajudando a salvar vidas, sendo um real instrumento de cura, mas havia deixado este sonho adormecido em mim até que, no ano passado, me veio um “estalo” e resolvi prestar o ENEM sem nenhuma preparação prévia, sem cursinho! Até me programei para realizar a revisão de alguns conteúdos mas, em meio ao meu trabalho atual, não consegui reservar e priorizar o tempo necessário para tal. No dia das provas, quase desisto de comparecer ao local de realização, mas a fé e esperança que havia algo grandioso guardado para mim me motivou a tentar ir até o final! Hoje, percebo quanta audácia me possuiu naquele momento: após 14 anos de ter concluído o ensino médio, há quase 10 anos após ter concluído minha primeira graduação, realizar um exame nacional no meio a tantos concorrentes, afiados em anos nas melhores escolas e nos melhores cursinhos preparatórios do país! Mas sempre acreditei que aquilo que estava reservado para mim seria meu e que, de tudo isso, no máximo eu iria receber uma grande lição ou uma grande bênção!

Grande foi a minha emoção ao ver, no dia da divulgação das pontuações pelo INEP, que minhas notas ficaram sutilmente acima das notas de corte dos anos anteriores. A sorte estava lançada: iria me inscrever no SISU! Foram dias de fortes emoções e extrema ansiedade ao acompanhar as notas de corte parciais, ler tudo sobre os editais, listas de espera e entender este mundo novo, onde havia uma oportunidade, mesmo que mínima, de dar tudo certo. No fim, fui aprovado e selecionado para a turma que iniciará em agosto, no Curso de Medicina da Faculdade Federal do Ceará, em Sobral-CE.

Porém, não consegui viver toda esta alegria em sua plenitude: em novembro de 2015, meu pai veio a falecer e não pode acompanhar mais esta grande conquista de seu primogênito! Além do mais, me vejo em uma encruzilhada: provavelmente terei que pedir demissão do meu emprego (único sustento de nossa família) para cursar medicina e realizar meu sonho de salvar vidas! Hoje, aos 32 anos, tenho 10 anos de casado, uma linda esposa que apoia minhas decisões e um filho lindo e inteligente de 6 anos, com um grande e promissor futuro pela frente. Espero a iluminação que preciso para tomar minha decisão, pois acredito que viver toda esta experiência não será em vão! Em tudo há um propósito; é preciso apenas entendê-lo.


blog comments powered by Disqus
Visite nossos outros projetos: