Depoimento

HOME > Depoimentos > Depoimento de Uaslei Pereira Lima

Depoimento de Depoimento de Uaslei Pereira Lima

Bom, cá estou para dar o meu depoimento, como sonhei com este momento, e pensando bem é uma sensação quase tão boa quanto à aprovação. Meu nome é Uaslei Pereira Lima, tenho 20 anos, nasci em Pavussu localizada no sul do Piauí, sempre estudei em escola pública e a educação daqui não é exemplo para nenhuma cidade brasileira. Quando se refere ao IDH o meu município ocupa a posição 5426ª em um total de 5565 municípios brasileiros, por esse parâmetro já é possível ter uma ideia.

Fiz meu Ensino Fundamental todo aqui, e pra falar a verdade, fui esse tempo todo alienado, não sabia o que queria ser quando “crescer”, agradeço demais a minha mãe por sempre ser antenada, foi por ela que eu fiquei sabendo de uma escola pública de qualidade, mas como assim?! Era o IFPI (Instituto Federal do Piauí) uma escola técnica federal que fica em Floriano a 160 km da minha cidade. Quando estava na 8ª serie comecei a estudar para o exame classificatório exigido pelo Instituto e foi nesse momento que percebi o quão era deficiente a educação da minha cidade, passava horas estudando pra entender um conteúdo simples, e o pior não tinha ninguém pra me ensinar ou para tirar qualquer dúvida. O dia do exame chegou e não deu tempo de estudar todo o conteúdo, mas mesmo assim eu fiz a prova, lembro como se fosse ontém, no dia do resultado, acertei 26 em um total de 60 questões, e acreditem, o último colocado passou com 27, eu chorei demais, me dediquei tanto e não consegui passar… Os dias passaram até quando chegou a 3ª chamada e meu nome estava entre os selecionados, aí a felicidade TRANSBORDOU.

Comecei meu Ensino Médio em 2009 no IFPI, e que escola maravilhosa, que estrutura, foi lá onde eu me encontrei, foi lá onde decidi minha graduação (Medicina), queria demais, porém tinha medo de não ser aprovado, não confiava no meu taco. No ano de 2010 eu e meu irmão sofremos um acidente e ele quebrou a perna, como eu era a única pessoa que estava com ele e não sabia o que fazer me desesperei, me senti um inútil naquele momento, mas graças a Deus ficou tudo bem, foi aí que tomei coragem pra enfrentar o que fosse preciso para alcançar meu sonho, não quero nunca mais passar por uma situação daquela e não poder ajudar. Chegou ultimo ano do E.M, o ano tão aguardado, o ano do vestibular, me dediquei demais, estudava o dia todo e mesmo assim não consegui ser aprovado em Medicina, passei em Engenharia Civil, no entanto não fiz a matrícula.

Fui pro cursinho, 07 meses, em Teresina, estudava o dia todo: acordava às 6:00 pra ir ao cursinho, chegava em casa às 14:00, estudava até as 22:30 e dormia, não conseguia estudar até tarde porque sempre acordava cedo, se não perdia a aula pela manha. Os meses passaram voando, o ENEM chegou e não consegui estudar tudo, mesmo assim fui confiante para prova, ao conferir o gabarito fiquei feliz com minhas 143 questões acertadas e com o tema da redação, mas estava com medo de não conseguir e continuei a estudar, mesmo nas férias, quando saíram as notas só fiquei mais ansioso pelo SISU. Logo ele chegou, e é uma agonia só um está dentro no outro não, no último dia estava confiante, pois ocupava a 2ª posição, na minha modalidade de cotas, em Medicina na UFC-Sobral, o fim de semana quase não passa, fiquei a madrugada toda esperando o resultado e nada de sair, fui dormir às 04h00min da manha.

Ao amanhecer recebo um sms de um amigo, que batalhou comigo todo esse período, ele tinha sido aprovado UESPI, saí correndo pra vê meu resultado e lá estava aquela linda frase: PARABÉNS! Você foi selecionado em primeira chamada, ahhhhhhhhhhhhh chorei muito, vibrei muito, lembrei toda trajetória até a aprovação, fiquei careca (Risos), foi o melhor dia da minha vida. Passei na segunda chamada em minha primeira opção (UFPI). No total foram 4 aprovações: UFC, UFPI, UNINOVAFAPI e FACID, as 2 últimas pelo PROUNI com bolsa integral. O que tenho a dizer e que NÃO desistam, se querem de coração corram atrás e acreditem que SIM é possível passar. Escolhi UFPI e como as aulas ainda não começaram continuo em êxtase. Quero agradecer ao PM por cada questão resolvida, cada dúvida tirada, cada incentivo. Desejo a vocês toda sorte do mundo e lembrem-se: cada um tem sua hora, só não consegue quem desiste! Um abraço!


Visite nossos outros projetos: